Apresentação do projeto

Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.

Clarice Lispector
 

Emoções como o medo e o desejo são muitas vezes usadas como parte de processos de branding : a não-normatividade de alguém, quando partilhada de forma empática e empreendedora, despoleta medo e desejo em quem ouve a história ou se depara perante aquele alguém. A não-normatividade de alguém é o medo e o desejo de outro alguém. Medo e desejo de lhe acontecer igual, a empatia de se rever. Queremos acontecer, mas não queremos que nos aconteça. Interessa-nos nesta peça explorar a tensão entre ser particular e ser simultaneamente uma brand desse particular. Interessam-nos lugares onde o corpo se torna particular na diferença, mas quando colocado enquanto brand dessa mesma diferença, participa na hegemonia de um conjunto que dispensa interlocutores, participando no seu próprio desaparecimento.


Equipa Artística

 

Direção Artística e Interpretação: Telma João Santos

Co-criação e Interpretação: Nany Aguiar, Bruno Senune, Jaja Rolim

Webdesign, Figurinos e Cenário: Bee Barros

Prints: Jaja Rolim

Fotografia: Bee Barros

Apoio à produção e à comunicação: Patrícia Freire

Apoios: 23 milhas-Fábrica das Ideias, Galeria Dínamo, Companhia Olga Roriz, CAMPUS Paulo Cunha e Silva, Rua das Gaivotas 6/Teatro Praga.

Financiamento: Fundação GDA, Garantir Cultura/República Portuguesa.